15 C
Mykonos

Radio web

14.3 C
Atenas
15 C
Mykonos

Clima

Covid-19 Trabalho Remoto: Estende-se a 30 Abril a obrigação de trabalhar remotamente para 50% empregados

A extensão para 30 abril 2021 a obrigação de aplicar as medidas extraordinárias e temporárias relativas à organização do local e do tempo de trabalho em todo o Território, prevê uma Decisão Ministerial Conjunta (JMD) dos Ministérios das Finanças, trabalhar, Desenvolvimento e Investimento e Saúde…………

especificamente, por razões imperiosas para proteger a saúde pública contra o coronavírus COVID-19, prorrogado até 30 de abril 2021 as seguintes regras sobre a organização do local e horário de trabalho:

1.um) Empregadores - empresas sediadas ou com sucursal em qualquer unidade regional do país, são exigidos por 30/04/2021 aplicar o sistema de prestação de trabalho remoto aos seus funcionários – em quais casos seu trabalho pode ser fornecido por este sistema – em porcentagem 50% no número total desses funcionários.

b) Para a devida observância, eles devem anunciar com antecedência, antes de começar a trabalhar, no Sistema de Informação "ERGANI" do Ministério do Trabalho e Assuntos Sociais o seu trabalho a distância 50% de seus funcionários, a quem esta medida pode ser aplicada, preenchendo o formulário 4.1 "Declaração de trabalho remoto – Formulário de Finalidade Especial "do par. 2 artigo 4 de 11.3.2020 acto legislativo (Α 55), que foi ratificado pelo artigo 2 da Lei. 4682/2020 (Α 76).

c) Em caso de violação da obrigação acima, multado 3.000 euros para a empresa empregadora, na sequência de uma auditoria relevante pelo Órgão de Inspeção do Trabalho do Ministério do Trabalho e Assuntos Sociais.

2. A jornada de trabalho dos empregados em empresas-empregadores do setor privado, estabelecido ou ter uma filial em qualquer unidade regional do país, deve ser ajustado para abril, no seu começo e fim, de forma que a cada meia hora e em até duas horas os funcionários cheguem e saiam em relação ao início e ao final respectivamente.

Pelo período de aplicação do presente, fica suspensa a obrigação do empregador de registar no Sistema de Informação “ERGANI” do Ministério do Trabalho e dos Assuntos Sociais as alterações ou modificações do horário.

em relação ao acima e dentro de duas horas, a chegada e saída graduais de funcionários.

Em todo o caso, as disposições da p.d. continuam a ser aplicáveis. 88/1999 (Α 94), bem como a obrigação do empregador de anunciar com antecedência as demais alterações ou modificações do horário de trabalho ou da organização do horário de trabalho, bem como horas extras e horas extras legais, antes de sua realização, no Sistema de Informação "ERGANI" do Ministério do Trabalho e Assuntos Sociais. O reajuste das horas de trabalho dos funcionários acima não altera o tipo de contrato de trabalho desses funcionários.

enquanto, com um JMC separado dos Ministérios das Finanças, Trabalho e Saúde, estendido, até 30 de abril 2021, a capacidade do empregador de determinar por decisão que o trabalho, fornecido pelo trabalhador no local de trabalho previsto no contrato individual, será realizado com o sistema de trabalho remoto, que foi instituída como medida extraordinária e temporária no caso de um) par. 2 artigo 4 de 11.03.2020 PNP "Medidas urgentes para enfrentar as consequências negativas da ocorrência do coronavírus COVID-19 e a necessidade de limitar a sua propagação" (A’ 55), conforme ratificado e em vigor, levando em consideração o curso do fenômeno.

Siga-nos

eshop em minutos!

Crie sua eshop com seu próprio domínio com etapas simples para a plataforma de assinatura mais fácil de eshop.

tendência Agora

Prêmio

Histórias para Você

Mais de Mykonos Ticker

erro: O conteúdo é protegido !!